Aba 1

eventos e fotos

Postado em 27 de Junho de 2017 às 11h13

Dia internacional do Diabético!

ClinicMais e Chá Mais | Produtos Naturais para Nutrição Clínica e Funcional Hoje, dia 27 de junho é um dia de conscientização, é o Dia Internacional do Diabético. A Diabetes mellitus é uma doença...

Hoje, dia 27 de junho é um dia de conscientização, é o Dia Internacional do Diabético. A Diabetes mellitus é uma doença metabólica, responsável pelo aumento anormal do açúcar no sangue. Quando não tratada adequadamente provoca doenças entre outras complicações. Atinge jovens, adultos e idosos e está aumentando mundialmente.

Atualmente, a Organização Mundial da Saúde estima que cerca de 240 milhões de pessoas sejam diabéticas em todo o mundo, o que significa que 6% da população tem diabetes. Segundo a IDF (Federação Internacional de Diabetes), até 2035 estima que mais de 550 milhões de pessoas em todo mundo terão a doença.

Segundo o site, Controlar a Diabetes, no Brasil 9,7% da população tem diabetes o que corresponde a 12,4 milhões de pessoas com diabetes. O Brasil tem também uma das mais elevadas prevalências da América do Sul e é um dos países no "Top 10" mundial de países com maior número de pessoas com diabetes.

Conforme o site da Sociedade Brasileira de Diabetes, são três tipos de Diabetes: Tipo 1 (O Tipo 1 aparece geralmente na infância ou adolescência, mas pode ser diagnosticado em adultos também), Tipo 2 (Cerca de 90% das pessoas com diabetes têm o Tipo 2. Ele se manifesta mais frequentemente em adultos, mas crianças também podem apresentar) e Diabetes Gestacional (Durante a gravidez, a mulher passa por mudanças em seu equilíbrio hormonal e algumas podem desenvolver um quadro de diabetes gestacional, caracterizado pelo aumento do nível de glicose no sangue).

Como prevenir ou conviver com a doença?

Praticar exercícios físicos moderados e manter um peso corporal saudável pode ajudar a prevenir a diabetes do Tipo 2. Até o momento, não existe uma terapia comprovada que previna ou cure a diabetes Tipo 1.

Existe o termo pré-diabetes que é usado quando os níveis de glicose no sangue estão mais altos do que o normal, mas não o suficiente para um diagnóstico de Diabetes Tipo 2. Obesos, hipertensos e pessoas com alterações nos lipídios estão no grupo de alto risco. O pré-diabetes é a única etapa que ainda pode ser revertida ou mesmo que permite retardar a evolução para o diabetes e suas complicações. A mudança de hábito alimentar e a prática de exercícios são os principais fatores de sucesso para o controle.

De acordo com a International Diabetes Federation, entidade ligada à ONU, na maioria dos casos de diabetes, a doença está associada a condições como obesidade e sedentarismo, ou seja, pode ser evitada. É possível reduzir a taxa de glicose no sangue com medidas simples. Perder de 5 a 10% do peso por meio de alimentação saudável e exercícios faz uma grande diferença na qualidade de vida. 

Infelizmente, ainda não há cura para o diabetes, porém há vários tratamentos disponíveis. Mas seguir o tratamento de forma regular é fundamental, proporcionando saúde e qualidade de vida para o paciente portador.

Fonte: Sociedade Brasileira de Diabetes 

Veja também

Voltar para Eventos