Aba 1

REVISÕES E ESTUDOS

Postado em 14 de Maio às 09h15

O açaí como superalimento

Revisões (21)

A obtenção de insumos farmacêuticos vegetais envolve desde a obtenção da planta medicinal, adequadamente cultivada, colhida e desidratada, avaliada quanto à sua morfologia e qualidade, até o processamento, por meio de técnicas como a infusão, maceração, percolação, filtração, concentração e a secagem, dentre outras. O processo extrator viabiliza o uso do material vegetal, já que o solvente extrai as substâncias ativas das células, proporcionando atividade das mesmas no organismo.

O açaí é considerado um superalimento, pois possui em sua composição, elevados teores de antioxidantes, compostos fenólicos, proteínas, fibras, lipídios, vitaminas (C, E, B1 e B2) e minerais (fósforo, ferro e cálcio). Entre seus benefícios, destacam-se os poderes de reposição energética, combate à fadiga (com consequente aumento do rendimento em exercícios físicos e fortalecimento muscular), auxílio na regulação da função intestinal, auxílio no combate ao envelhecimento, prevenção de certos tipos de câncer, combate aos radicais livres e combate e prevenção da anemia ferropriva.

Os estudos clínicos começam a demonstrar que os compostos polifenólicos possuem efeitos benéficos na diminuição dos riscos de obesidade associada a doenças crônicas como diabetes tipo 2. O consumo de alimentos ricos em antoxidantes pode modificar favoravelmente o metabolismo lipídico e a homeostase da glicose, reduzindo consequentemente os riscos da síndrome metabólica e as complicações do diabetes tipo 2.

O açaí parece ser um promissor agente antiinflamatório por apresentar efeitos na inibição da ciclooxigenase COX-1 e COX-2 e inibição da lipopolissacaride (LPS) indutora da formação do oxido nítrico que tem efeito vasodilatador, além de atividades tumoricida e citotóxico. Estudos in vitro demonstraram que as frações polifenólicas da polpa do açaí reduz a proliferação das células leucêmicas HL-60 provavelmente através da apoptose da caspase-3 ativada. Em roedores com câncer de esôfago a polpa do açaí pode atenuar a proliferação celular e o tamanho dos tumores.

O açaí como alimento funcional possui efeito antioxidante representado principalmente pelas antocianinas, efeito energético pela fração lipídica, além benefícios representados por outros componentes nutricionais. Apresenta efeitos benéficos a saúde como antioxidante, antiinflamatório, imunomodulador, melhora da dislipidemia, da diabetes tipo 2, da síndrome metabólica, do câncer, além de efeito antienvelhecimento.

LAMOUNIER, Marina Leopoldina et al. DESENVOLVIMENTO E CARACTERIZAÇÃO DE SORVETE DE AÇAÍ, GUARANÁ E BANANA ENRIQUECIDO COM FITOESTEROL. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial, v. 8, n. 2S, 2014.

PORTINHO, José Alexandre; ZIMMERMANN, Livia Maria; BRUCK, Mirian Rotnes. Efeitos benéficos do açaí. International Journal of Nutrology, v. 5, n. 1, p. 15-20, 2012.

Veja também

Idosos deveriam dobrar consumo de proteínas, aponta pesquisa01/10/17 Síntese de proteínas musculares é menos ativa em pessoas mais velhas; fenômeno é chamado de resistência anabólica. Os idosos deveriam dobrar o consumo de proteínas à mesa em relação aos valores diários médios recomendados. Isso os ajudaria a manter um equilíbrio correto do próprio corpo, afastando o risco de......
Creatina e aptidão física, uma Associação Positiva!03/04/17 Entre os suplementos alimentares utilizados a creatina apresenta ampla distribuição e conhecimento pelos atletas, a substância parece melhorar o aporte energético muscular, bem como retardar o estabelecimento do quadro de fadiga. O......
Agora somos Amais06/02 O mundo está em constante evolução e nós também. E para acompanhar as mudanças do seu mundo a marca CháMais agora também é Amais. Nossa receita foi unir paixão e tecnologia à......

Voltar para Revisões